terça-feira, 2 de agosto de 2011

A tal da luz provisória

Recebi uma excelente notícia hoje: a arquiteta que fez aquele conjunto habitacional excepcional que habito vai pedir pra AES Sul autorizar a ligação da minha luz. Obrigada, Senhor!

Eu realmente não sei quanto tempo vai demorar para trocarem o transformador. Se deixasse para a AES Sul, seriam seis meses. Mas a construtora-que-não-deve-ser nomeada ia contratar uma empresa para fazer o serviço. O pessoal estava com esperança que, até o dia 15, o serviço estivesse pronto. Mas como a arquiteta quer agilizar as coisas, num sei não...

De minha parte, fico feliz, porque minha luz é uma gambiarra com a iluminação de serviço. Dá pra ligar geladeira, máquina de lavar. Só não dá pra ligar o chuveiro no quente, como descobri tristemente hoje, quando deu curto circuito no fio da minha extensão no meio do meu banho. Devia estar o quê? 5°C?

Quero muito uma luz direitinha, sabe?

Agora a noite, um funcionário da construtora-que-não-deve-ser nomeada vai ajeitar uma extensão mais forte para eu não ficar no escuro. Banho quente, não sei quando. Mas nada desfaz meu sorriso.

A Lilian pediu fotos da decoração do apê. Ainda não tem "decoração". Eu consegui tirar as caixas do caminho, mas ainda são muitas porque só vão montar a cozinha na segunda-feira. Mas já tá ficando com jeito de casa. Vou postar as fotos dos ambientes menos bagunçados para não morrer de vergonha.

A sala
(o sofá ainda está com capa porque tem mil instalações
e muito pó, todos os dias. Na verdade, ele é quase branco)


O quarto de vestir
(na falta de tapete, coloquei uma esteira de praia no
chão. Tá frio demais e esse piso de cerâmica é gelado!)

Semana que vem posto outras, tá?

Um comentário:

sosreforma disse...

Obrigada amiga por atender meu pedido, adorei ver as fotos, breve vou colocar novidades no blog.
Bjos
Lilian